Tubaronense estreia na São Silvestre

Mais de 30 mil pessoas vão participar de uma das mais tradicionais provas de corrida do mundo. Como já acontece há 94 anos, a 95ª edição da São Silvestre será na manhã do dia 31 de dezembro, em São Paulo. E o tubaronense Willian Muraro da Silva será um dos participantes.

Essa será a primeira vez que Willian vai correr na maratona. Aos 31 anos, o administrador se divide entre a vida no escritório e os treinos pesados para as provas que participa. A paixão pelo esporte começou cedo. Mas a primeira modalidade em que ele tomou gostou foi outra: o futebol.

“Sempre gostei de praticar esporte. E cheguei a defender times amadores na região durante dez anos. O gosto pela corrida começou no final de 2017, por incentivo de familiares que já participavam de provas”, conta Willian.

Somente neste ano, o maratonista participou de 28 corridas dentro e fora do Estado. Entre as principais conquistas estão 16 ouros, sete pratas, dois bronzes, o bicampeonato no ranking do Cortuba e o primeiro lugar entre os corredores de 30 a 34 anos na Meia Maratona Internacional de Florianópolis.

Hoje, para participar das provas de alto rendimento, ele treina diariamente, muitas vezes em até dois períodos, chegando a fazer até 100km por semana. “A preparação para a São Silvestre é bem intensa. É uma mistura de velocidade e volume, por se tratar de 15km; alguns estímulos com morro para encarar o final da prova, que tem uma pequena inclinação nos últimos 2km. E o que ela tem de especial é que se trata da mais tradicional prova do Brasil”, explica Willian.

PELOTÃO DE ELITE E APOIO PARA COMPETIR

Segundo o atleta, outras pessoas de Tubarão e região também participarão da corrida. William fará a largada junto ao Pelotão Elite B, um pouco mais à frente do Pelotão Geral. “Sei que é uma prova com nível alto, com muitos atletas de ponta, mas estou preparado para dar o meu melhor e trazer um bom resultado para a cidade. Só de ter sido qualificado para largar com a elite já é uma grande vitória, pois esse era um dos meus maiores sonhos desde que iniciei na corrida”, pontua. Para continuar sonhos ainda maiores, Willian conta hoje com o apoio da F3 Assessoria Esportiva, do treinador Felipe Costa, da Arlete transportes, Jocel Transformadores, FW Ferragens e Colégio Brasil.

»

Tubaronense estreia na São Silvestre

Mais de 30 mil pessoas vão participar de uma das mais tradicionais provas de corrida do mundo. Como já acontece há 94 anos, a 95ª edição da São Silvestre será na manhã do dia 31 de dezembro, em São Paulo. E o tubaronense Willian Muraro da Silva será um dos participantes.

Essa será a primeira vez que Willian vai correr na maratona. Aos 31 anos, o administrador se divide entre a vida no escritório e os treinos pesados para as provas que participa. A paixão pelo esporte começou cedo. Mas a primeira modalidade em que ele tomou gostou foi outra: o futebol.

“Sempre gostei de praticar esporte. E cheguei a defender times amadores na região durante dez anos. O gosto pela corrida começou no final de 2017, por incentivo de familiares que já participavam de provas”, conta Willian.

Somente neste ano, o maratonista participou de 28 corridas dentro e fora do Estado. Entre as principais conquistas estão 16 ouros, sete pratas, dois bronzes, o bicampeonato no ranking do Cortuba e o primeiro lugar entre os corredores de 30 a 34 anos na Meia Maratona Internacional de Florianópolis.

Hoje, para participar das provas de alto rendimento, ele treina diariamente, muitas vezes em até dois períodos, chegando a fazer até 100km por semana. “A preparação para a São Silvestre é bem intensa. É uma mistura de velocidade e volume, por se tratar de 15km; alguns estímulos com morro para encarar o final da prova, que tem uma pequena inclinação nos últimos 2km. E o que ela tem de especial é que se trata da mais tradicional prova do Brasil”, explica Willian.

PELOTÃO DE ELITE E APOIO PARA COMPETIR

Segundo o atleta, outras pessoas de Tubarão e região também participarão da corrida. William fará a largada junto ao Pelotão Elite B, um pouco mais à frente do Pelotão Geral. “Sei que é uma prova com nível alto, com muitos atletas de ponta, mas estou preparado para dar o meu melhor e trazer um bom resultado para a cidade. Só de ter sido qualificado para largar com a elite já é uma grande vitória, pois esse era um dos meus maiores sonhos desde que iniciei na corrida”, pontua. Para continuar sonhos ainda maiores, Willian conta hoje com o apoio da F3 Assessoria Esportiva, do treinador Felipe Costa, da Arlete transportes, Jocel Transformadores, FW Ferragens e Colégio Brasil.

»

Tubaronense estreia na São Silvestre

Mais de 30 mil pessoas vão participar de uma das mais tradicionais provas de corrida do mundo. Como já acontece há 94 anos, a 95ª edição da São Silvestre será na manhã do dia 31 de dezembro, em São Paulo. E o tubaronense Willian Muraro da Silva será um dos participantes.

Essa será a primeira vez que Willian vai correr na maratona. Aos 31 anos, o administrador se divide entre a vida no escritório e os treinos pesados para as provas que participa. A paixão pelo esporte começou cedo. Mas a primeira modalidade em que ele tomou gostou foi outra: o futebol.

“Sempre gostei de praticar esporte. E cheguei a defender times amadores na região durante dez anos. O gosto pela corrida começou no final de 2017, por incentivo de familiares que já participavam de provas”, conta Willian.

Somente neste ano, o maratonista participou de 28 corridas dentro e fora do Estado. Entre as principais conquistas estão 16 ouros, sete pratas, dois bronzes, o bicampeonato no ranking do Cortuba e o primeiro lugar entre os corredores de 30 a 34 anos na Meia Maratona Internacional de Florianópolis.

Hoje, para participar das provas de alto rendimento, ele treina diariamente, muitas vezes em até dois períodos, chegando a fazer até 100km por semana. “A preparação para a São Silvestre é bem intensa. É uma mistura de velocidade e volume, por se tratar de 15km; alguns estímulos com morro para encarar o final da prova, que tem uma pequena inclinação nos últimos 2km. E o que ela tem de especial é que se trata da mais tradicional prova do Brasil”, explica Willian.

PELOTÃO DE ELITE E APOIO PARA COMPETIR

Segundo o atleta, outras pessoas de Tubarão e região também participarão da corrida. William fará a largada junto ao Pelotão Elite B, um pouco mais à frente do Pelotão Geral. “Sei que é uma prova com nível alto, com muitos atletas de ponta, mas estou preparado para dar o meu melhor e trazer um bom resultado para a cidade. Só de ter sido qualificado para largar com a elite já é uma grande vitória, pois esse era um dos meus maiores sonhos desde que iniciei na corrida”, pontua. Para continuar sonhos ainda maiores, Willian conta hoje com o apoio da F3 Assessoria Esportiva, do treinador Felipe Costa, da Arlete transportes, Jocel Transformadores, FW Ferragens e Colégio Brasil.