,

Karatê conquista 25 medalhas em Campeonato Brasileiro

Tatames, sorrisos e muita comemoração. É assim que a Academia Impacto Karatê finalizou quatro dias intensos de disputa na I Etapa do Campeonato Brasileiro e Seletiva Nacional, categoria de base. Nos dois primeiros dias de competição, a garotada mostrou todo potencial, garantindo 25 medalhas: 13 de ouro, sete de prata e cinco de bronze.

Embalados por tamanha vitória, não faltou confiança e disposição ao encarar a Seletiva Nacional. Brigando por vagas para integrar o Time Brasil, a equipe tubaronense atingiu um resultado histórico, conquistando nove categorias no Kumite e três no Kata. “Parabéns a todos os atletas que fizeram parte deste time! Mesmo quem não classificou, pode se sentir parte da seleção”, afirma o sensei Fabricio de Souza. Ele ainda parabeniza o apoio familiar aos caratecas da equipe que é fundamental na rotina de treinamento.

A I Etapa do Campeonato Brasileiro de Karatê, bem como a Seletiva Nacional foram realizadas em Brasília. A Academia Impacto Karatê recebe o apoio da Prefeitura de Tubarão, por meio da Fundação Municipal de Esporte, com os programas Bolsa Técnico e Bolsa Atleta.

 

,

Karatê conquista 25 medalhas em Campeonato Brasileiro

Tatames, sorrisos e muita comemoração. É assim que a Academia Impacto Karatê finalizou quatro dias intensos de disputa na I Etapa do Campeonato Brasileiro e Seletiva Nacional, categoria de base. Nos dois primeiros dias de competição, a garotada mostrou todo potencial, garantindo 25 medalhas: 13 de ouro, sete de prata e cinco de bronze.

Embalados por tamanha vitória, não faltou confiança e disposição ao encarar a Seletiva Nacional. Brigando por vagas para integrar o Time Brasil, a equipe tubaronense atingiu um resultado histórico, conquistando nove categorias no Kumite e três no Kata. “Parabéns a todos os atletas que fizeram parte deste time! Mesmo quem não classificou, pode se sentir parte da seleção”, afirma o sensei Fabricio de Souza. Ele ainda parabeniza o apoio familiar aos caratecas da equipe que é fundamental na rotina de treinamento.

A I Etapa do Campeonato Brasileiro de Karatê, bem como a Seletiva Nacional foram realizadas em Brasília. A Academia Impacto Karatê recebe o apoio da Prefeitura de Tubarão, por meio da Fundação Municipal de Esporte, com os programas Bolsa Técnico e Bolsa Atleta.

 

,

Karatê conquista 25 medalhas em Campeonato Brasileiro

Tatames, sorrisos e muita comemoração. É assim que a Academia Impacto Karatê finalizou quatro dias intensos de disputa na I Etapa do Campeonato Brasileiro e Seletiva Nacional, categoria de base. Nos dois primeiros dias de competição, a garotada mostrou todo potencial, garantindo 25 medalhas: 13 de ouro, sete de prata e cinco de bronze.

Embalados por tamanha vitória, não faltou confiança e disposição ao encarar a Seletiva Nacional. Brigando por vagas para integrar o Time Brasil, a equipe tubaronense atingiu um resultado histórico, conquistando nove categorias no Kumite e três no Kata. “Parabéns a todos os atletas que fizeram parte deste time! Mesmo quem não classificou, pode se sentir parte da seleção”, afirma o sensei Fabricio de Souza. Ele ainda parabeniza o apoio familiar aos caratecas da equipe que é fundamental na rotina de treinamento.

A I Etapa do Campeonato Brasileiro de Karatê, bem como a Seletiva Nacional foram realizadas em Brasília. A Academia Impacto Karatê recebe o apoio da Prefeitura de Tubarão, por meio da Fundação Municipal de Esporte, com os programas Bolsa Técnico e Bolsa Atleta.

 

Karatê: equipe tubaronense está em Brasília

Karatê: equipe tubaronense está em Brasília, onde disputa competição nacional

Treinar, competir, chegar até a grande final e perder. A derrota nem sempre é fácil de ser sentida, mas, na maioria das vezes, torna a vitória futura ainda mais prazerosa de ser vivida. Pela terceira vez, Isadora Cândido vai em busca do grande sonho de compor a Seleção Brasileira de Karatê. A atleta viajou nesta quarta-feira (27) para Brasília, onde disputará a I Etapa do Campeonato Brasileiro de Karatê e a Seletiva Nacional, para a categoria de base. Nos outros dois anos que competiu, embora tenha chegado à final, não conquistou o triunfo. “Este ano, espero que isso mude. Estou focada no objetivo e vou chegar lá”, revela.

 

Na busca do topo, a atleta não está sozinha. Com ela, viajaram em torno de 20 atletas da Academia Impacto Karatê, supervisionados pelo técnico Fabricio de Souza. Alguns, como Isadora, buscam a primeira oportunidade de vestir a camisa do Time Brasil, enquanto que outros almejam voos maiores, como a primeira medalha internacional. É o caso do carateca Erick Matias, que em 2018, ao ser campeão brasileiro, disputou o Pan-Americano, sem sucesso na conquista inédita. Na Seletiva Nacional, o objetivo do atleta de apenas 13 anos é o bicampeonato e assim, lá na frente, obter o resultado singular.

 

Para o sensei Fabricio, a equipe está preparada, pronta para enfrentar o desafio na capital brasileira. “Fim de mais um ciclo de treinamento. Estou muito satisfeito com os resultados obtidos, pois todas as metas planejadas foram alcançadas”. É importante revelar que, aos 39 anos de idade, Fabricio continua competindo. Dividindo o tempo entre a profissão e a vida ativa, ele revela que a intimidade com os atletas acaba fortificando ainda mais. “É bem bacana. Eu gosto de competição e também porque, ao ver minha dedicação, é como uma motivação extra para os atletas continuarem focados. Ah, e quando eu perco, eles também malham bastante”, afirma com um sorriso no rosto.

 

A I Etapa do Campeonato Brasileiro de Karatê e a Seletiva Nacional tem início nesta quinta-feira (28) e se estende até o próximo domingo (31). A Academia Impacto Karatê recebe o apoio da Prefeitura de Tubarão, por meio da Fundação Municipal de Esporte, com os programas Bolsa Técnico e Bolsa Atleta.

 

Karatê: equipe tubaronense está em Brasília

Karatê: equipe tubaronense está em Brasília, onde disputa competição nacional

Treinar, competir, chegar até a grande final e perder. A derrota nem sempre é fácil de ser sentida, mas, na maioria das vezes, torna a vitória futura ainda mais prazerosa de ser vivida. Pela terceira vez, Isadora Cândido vai em busca do grande sonho de compor a Seleção Brasileira de Karatê. A atleta viajou nesta quarta-feira (27) para Brasília, onde disputará a I Etapa do Campeonato Brasileiro de Karatê e a Seletiva Nacional, para a categoria de base. Nos outros dois anos que competiu, embora tenha chegado à final, não conquistou o triunfo. “Este ano, espero que isso mude. Estou focada no objetivo e vou chegar lá”, revela.

 

Na busca do topo, a atleta não está sozinha. Com ela, viajaram em torno de 20 atletas da Academia Impacto Karatê, supervisionados pelo técnico Fabricio de Souza. Alguns, como Isadora, buscam a primeira oportunidade de vestir a camisa do Time Brasil, enquanto que outros almejam voos maiores, como a primeira medalha internacional. É o caso do carateca Erick Matias, que em 2018, ao ser campeão brasileiro, disputou o Pan-Americano, sem sucesso na conquista inédita. Na Seletiva Nacional, o objetivo do atleta de apenas 13 anos é o bicampeonato e assim, lá na frente, obter o resultado singular.

 

Para o sensei Fabricio, a equipe está preparada, pronta para enfrentar o desafio na capital brasileira. “Fim de mais um ciclo de treinamento. Estou muito satisfeito com os resultados obtidos, pois todas as metas planejadas foram alcançadas”. É importante revelar que, aos 39 anos de idade, Fabricio continua competindo. Dividindo o tempo entre a profissão e a vida ativa, ele revela que a intimidade com os atletas acaba fortificando ainda mais. “É bem bacana. Eu gosto de competição e também porque, ao ver minha dedicação, é como uma motivação extra para os atletas continuarem focados. Ah, e quando eu perco, eles também malham bastante”, afirma com um sorriso no rosto.

 

A I Etapa do Campeonato Brasileiro de Karatê e a Seletiva Nacional tem início nesta quinta-feira (28) e se estende até o próximo domingo (31). A Academia Impacto Karatê recebe o apoio da Prefeitura de Tubarão, por meio da Fundação Municipal de Esporte, com os programas Bolsa Técnico e Bolsa Atleta.

 

Karatê: equipe tubaronense está em Brasília

Karatê: equipe tubaronense está em Brasília, onde disputa competição nacional

Treinar, competir, chegar até a grande final e perder. A derrota nem sempre é fácil de ser sentida, mas, na maioria das vezes, torna a vitória futura ainda mais prazerosa de ser vivida. Pela terceira vez, Isadora Cândido vai em busca do grande sonho de compor a Seleção Brasileira de Karatê. A atleta viajou nesta quarta-feira (27) para Brasília, onde disputará a I Etapa do Campeonato Brasileiro de Karatê e a Seletiva Nacional, para a categoria de base. Nos outros dois anos que competiu, embora tenha chegado à final, não conquistou o triunfo. “Este ano, espero que isso mude. Estou focada no objetivo e vou chegar lá”, revela.

 

Na busca do topo, a atleta não está sozinha. Com ela, viajaram em torno de 20 atletas da Academia Impacto Karatê, supervisionados pelo técnico Fabricio de Souza. Alguns, como Isadora, buscam a primeira oportunidade de vestir a camisa do Time Brasil, enquanto que outros almejam voos maiores, como a primeira medalha internacional. É o caso do carateca Erick Matias, que em 2018, ao ser campeão brasileiro, disputou o Pan-Americano, sem sucesso na conquista inédita. Na Seletiva Nacional, o objetivo do atleta de apenas 13 anos é o bicampeonato e assim, lá na frente, obter o resultado singular.

 

Para o sensei Fabricio, a equipe está preparada, pronta para enfrentar o desafio na capital brasileira. “Fim de mais um ciclo de treinamento. Estou muito satisfeito com os resultados obtidos, pois todas as metas planejadas foram alcançadas”. É importante revelar que, aos 39 anos de idade, Fabricio continua competindo. Dividindo o tempo entre a profissão e a vida ativa, ele revela que a intimidade com os atletas acaba fortificando ainda mais. “É bem bacana. Eu gosto de competição e também porque, ao ver minha dedicação, é como uma motivação extra para os atletas continuarem focados. Ah, e quando eu perco, eles também malham bastante”, afirma com um sorriso no rosto.

 

A I Etapa do Campeonato Brasileiro de Karatê e a Seletiva Nacional tem início nesta quinta-feira (28) e se estende até o próximo domingo (31). A Academia Impacto Karatê recebe o apoio da Prefeitura de Tubarão, por meio da Fundação Municipal de Esporte, com os programas Bolsa Técnico e Bolsa Atleta.

 

Tubaronense classificados para o Camp. Brasileiro de Judô

Atletas da Associação Tubaronense de Judô são classificados para o Campeonato Brasileiro Região V

Saiu a lista dos atletas classificados para o campeonato brasileiro região V que ocorrerá entre os próximos dias 12 e 14, em Brusque.

 

A medalha de ouro na Copa Santa Catarina de Judô em Videira garantiu a classificação direta do atleta Lucca Ferreira na categoria sub-21 (-66kg).

 

Os atletas Rodrigo de Almeida (-60kg), Guilherme Smangorzewski (+100kg) ambos na categoria sub-21 e Bruna Freitas da categoria sênior (+78kg) foram indicados pela comissão técnica da federação catarinense de Judô para participar do campeonato Brasileiro Região V pelo excelente resultado na Copa Santa Catarina de Judô.

 

“Estamos muito satisfeitos com a classificação dos quatro atletas. Isso mostra que o trabalho realizado pela Associação Tubaronense de Judô está no caminho certo”, concluíram os técnicos Thiago Gomes Flores e Jaison C C Tavares.

 

A Associação Tubaronense de Judô tem o apoio da Academia Tokage e Prefeitura de Tubarão, por meio da Fundação Municipal de Esporte.

 

 

 

 

Tubaronense classificados para o Camp. Brasileiro de Judô

Atletas da Associação Tubaronense de Judô são classificados para o Campeonato Brasileiro Região V

Saiu a lista dos atletas classificados para o campeonato brasileiro região V que ocorrerá entre os próximos dias 12 e 14, em Brusque.

 

A medalha de ouro na Copa Santa Catarina de Judô em Videira garantiu a classificação direta do atleta Lucca Ferreira na categoria sub-21 (-66kg).

 

Os atletas Rodrigo de Almeida (-60kg), Guilherme Smangorzewski (+100kg) ambos na categoria sub-21 e Bruna Freitas da categoria sênior (+78kg) foram indicados pela comissão técnica da federação catarinense de Judô para participar do campeonato Brasileiro Região V pelo excelente resultado na Copa Santa Catarina de Judô.

 

“Estamos muito satisfeitos com a classificação dos quatro atletas. Isso mostra que o trabalho realizado pela Associação Tubaronense de Judô está no caminho certo”, concluíram os técnicos Thiago Gomes Flores e Jaison C C Tavares.

 

A Associação Tubaronense de Judô tem o apoio da Academia Tokage e Prefeitura de Tubarão, por meio da Fundação Municipal de Esporte.

 

 

 

 

Tubaronense classificados para o Camp. Brasileiro de Judô

Atletas da Associação Tubaronense de Judô são classificados para o Campeonato Brasileiro Região V

Saiu a lista dos atletas classificados para o campeonato brasileiro região V que ocorrerá entre os próximos dias 12 e 14, em Brusque.

 

A medalha de ouro na Copa Santa Catarina de Judô em Videira garantiu a classificação direta do atleta Lucca Ferreira na categoria sub-21 (-66kg).

 

Os atletas Rodrigo de Almeida (-60kg), Guilherme Smangorzewski (+100kg) ambos na categoria sub-21 e Bruna Freitas da categoria sênior (+78kg) foram indicados pela comissão técnica da federação catarinense de Judô para participar do campeonato Brasileiro Região V pelo excelente resultado na Copa Santa Catarina de Judô.

 

“Estamos muito satisfeitos com a classificação dos quatro atletas. Isso mostra que o trabalho realizado pela Associação Tubaronense de Judô está no caminho certo”, concluíram os técnicos Thiago Gomes Flores e Jaison C C Tavares.

 

A Associação Tubaronense de Judô tem o apoio da Academia Tokage e Prefeitura de Tubarão, por meio da Fundação Municipal de Esporte.

 

 

 

 

São Ludgero conquista 14 medalhas no Estadual de Karatê

São Ludgero conquista 14 medalhas na 1ª Etapa do Campeonato Estadual de Karatê Interestilos

Um total de 14 medalhas conquistadas pela equipe de São Ludgero ao disputar a 1ª Etapa do Campeonato Estadual de Karatê Interestilos, em evento sediado pela Federação Catarinense Esportiva de karatê Interestilos (Fceki), no dia 23 de março, em São Pedro de Alcântara.

Do total de medalhas, uma foi de ouro, 6 de prata e 7 de bronze. O professor da Escola Municipal de Karatê, Júlio César de Jesus, parabeniza os atletas pelo resultado na competição. “Seguimos com os treinos em busca de bons resultados nas outras competições”, enfatiza. Ele aproveita para agradecer a Administração Municipal de São Ludgero, através da Comissão Municipal de Esportes (CME) pelo apoio.

Além de São Ludgero, marcaram presença na competição atletas dos municípios de São Pedro de Alcântara, Porto Bello, Bombinhas, São Bento do Sul, Braço do Norte e Indaial.

 

São Ludgero conquista 14 medalhas no Estadual de Karatê

São Ludgero conquista 14 medalhas na 1ª Etapa do Campeonato Estadual de Karatê Interestilos

Um total de 14 medalhas conquistadas pela equipe de São Ludgero ao disputar a 1ª Etapa do Campeonato Estadual de Karatê Interestilos, em evento sediado pela Federação Catarinense Esportiva de karatê Interestilos (Fceki), no dia 23 de março, em São Pedro de Alcântara.

Do total de medalhas, uma foi de ouro, 6 de prata e 7 de bronze. O professor da Escola Municipal de Karatê, Júlio César de Jesus, parabeniza os atletas pelo resultado na competição. “Seguimos com os treinos em busca de bons resultados nas outras competições”, enfatiza. Ele aproveita para agradecer a Administração Municipal de São Ludgero, através da Comissão Municipal de Esportes (CME) pelo apoio.

Além de São Ludgero, marcaram presença na competição atletas dos municípios de São Pedro de Alcântara, Porto Bello, Bombinhas, São Bento do Sul, Braço do Norte e Indaial.

 

São Ludgero conquista 14 medalhas no Estadual de Karatê

São Ludgero conquista 14 medalhas na 1ª Etapa do Campeonato Estadual de Karatê Interestilos

Um total de 14 medalhas conquistadas pela equipe de São Ludgero ao disputar a 1ª Etapa do Campeonato Estadual de Karatê Interestilos, em evento sediado pela Federação Catarinense Esportiva de karatê Interestilos (Fceki), no dia 23 de março, em São Pedro de Alcântara.

Do total de medalhas, uma foi de ouro, 6 de prata e 7 de bronze. O professor da Escola Municipal de Karatê, Júlio César de Jesus, parabeniza os atletas pelo resultado na competição. “Seguimos com os treinos em busca de bons resultados nas outras competições”, enfatiza. Ele aproveita para agradecer a Administração Municipal de São Ludgero, através da Comissão Municipal de Esportes (CME) pelo apoio.

Além de São Ludgero, marcaram presença na competição atletas dos municípios de São Pedro de Alcântara, Porto Bello, Bombinhas, São Bento do Sul, Braço do Norte e Indaial.

 

Tubaronense conquistou quatro medalhas de ouro no jiu-jitsu

O Tubaronense Cleber de Farias da Silva participou do campeonato Paulista de jiu-jitsu no ginásio do Ibirapuera em São Paulo.
Este é um evento tradicional da CBJJE (Confederação Brasileira de jiu-jitsu esportivo) e contou com mais de 1.500 atletas.
Na ocasião o atleta competiu nas categorias peso médio e absoluto com kimono e peso médio e absoluto sem kimono (no gi) conquistando quatro medalhas de ouro.
“Fico muito feliz em poder representar a nossa região, seria melhor se tivéssemos apoio através de patrocínios, mas só o fato de um catarinense ir pra São Paulo e conseguir lutar de igual pra igual já é motivo de alegria. O meu desejo é deixar um legado e mostrar para todos que não importa a idade ou as condições, se você tem um sonho, deve lutar por ele! ” comentou Cleber.

Tubaronense conquistou quatro medalhas de ouro no jiu-jitsu

O Tubaronense Cleber de Farias da Silva participou do campeonato Paulista de jiu-jitsu no ginásio do Ibirapuera em São Paulo.
Este é um evento tradicional da CBJJE (Confederação Brasileira de jiu-jitsu esportivo) e contou com mais de 1.500 atletas.
Na ocasião o atleta competiu nas categorias peso médio e absoluto com kimono e peso médio e absoluto sem kimono (no gi) conquistando quatro medalhas de ouro.
“Fico muito feliz em poder representar a nossa região, seria melhor se tivéssemos apoio através de patrocínios, mas só o fato de um catarinense ir pra São Paulo e conseguir lutar de igual pra igual já é motivo de alegria. O meu desejo é deixar um legado e mostrar para todos que não importa a idade ou as condições, se você tem um sonho, deve lutar por ele! ” comentou Cleber.

Tubaronense conquistou quatro medalhas de ouro no jiu-jitsu

O Tubaronense Cleber de Farias da Silva participou do campeonato Paulista de jiu-jitsu no ginásio do Ibirapuera em São Paulo.
Este é um evento tradicional da CBJJE (Confederação Brasileira de jiu-jitsu esportivo) e contou com mais de 1.500 atletas.
Na ocasião o atleta competiu nas categorias peso médio e absoluto com kimono e peso médio e absoluto sem kimono (no gi) conquistando quatro medalhas de ouro.
“Fico muito feliz em poder representar a nossa região, seria melhor se tivéssemos apoio através de patrocínios, mas só o fato de um catarinense ir pra São Paulo e conseguir lutar de igual pra igual já é motivo de alegria. O meu desejo é deixar um legado e mostrar para todos que não importa a idade ou as condições, se você tem um sonho, deve lutar por ele! ” comentou Cleber.

Tubaronense é aprovado no Credenciamento de Técnicos de judô

O professor da Associação Tubaronense de Judô (ATJ), Thiago Gomes Flores, foi aprovado na avaliação objetiva do Credenciamento Nacional de Técnicos (CNT) da Confederação Brasileira de Judô, e que visa a agilizar os procedimentos de participação em competições, assim como dispor de uma melhor organização e o conhecimento antecipado de quais são os técnicos aptos a atuarem nos eventos do calendário anual da entidade.

 

O CNT efetivou o técnico Thiago Gomes Flores, já aprovado na avaliação objetiva, estando o profissional em situação regular junto à federação estadual. O registro como técnico encontra-se igualmente ativo e o mesmo possui a identidade do Conselho Regional de Educação Física (CREF) atualizada. Só poderão participar dos eventos nacionais da CBJ os técnicos credenciados e aprovados na CNT. A avaliação foi objetiva e foi realizada por intermédio do sistema Zempo.

 

O conteúdo da prova teve como base o Regulamento Nacional de Eventos da Confederação Brasileira de Judô (RNE-CBJ) do ano de 2019. O Credenciamento Nacional de Técnicos 2019 é obrigatório para todos os técnicos que queiram atuar nos eventos da confederação no ano em questão. ” Achei a iniciativa da CBJ de fazer uma prova objetiva com base RNE-CBJ do ano de 2019 muito importante para os técnicos ficarem sempre atualizados, e como a Associação Tubaronense de Judô participará de eventos a nível nacional, foi imprescindível a aprovação no Credenciamento Nacional, ” avaliou Thiago.

 

A ATJ tem o apoio da Academia Tokage e da Prefeitura de Tubarão, por meio da Fundação Municipal de Esporte, com o auxílio dos Programas Bolsa Atleta e Técnico.

 

 

Tubaronense é aprovado no Credenciamento de Técnicos de judô

O professor da Associação Tubaronense de Judô (ATJ), Thiago Gomes Flores, foi aprovado na avaliação objetiva do Credenciamento Nacional de Técnicos (CNT) da Confederação Brasileira de Judô, e que visa a agilizar os procedimentos de participação em competições, assim como dispor de uma melhor organização e o conhecimento antecipado de quais são os técnicos aptos a atuarem nos eventos do calendário anual da entidade.

 

O CNT efetivou o técnico Thiago Gomes Flores, já aprovado na avaliação objetiva, estando o profissional em situação regular junto à federação estadual. O registro como técnico encontra-se igualmente ativo e o mesmo possui a identidade do Conselho Regional de Educação Física (CREF) atualizada. Só poderão participar dos eventos nacionais da CBJ os técnicos credenciados e aprovados na CNT. A avaliação foi objetiva e foi realizada por intermédio do sistema Zempo.

 

O conteúdo da prova teve como base o Regulamento Nacional de Eventos da Confederação Brasileira de Judô (RNE-CBJ) do ano de 2019. O Credenciamento Nacional de Técnicos 2019 é obrigatório para todos os técnicos que queiram atuar nos eventos da confederação no ano em questão. ” Achei a iniciativa da CBJ de fazer uma prova objetiva com base RNE-CBJ do ano de 2019 muito importante para os técnicos ficarem sempre atualizados, e como a Associação Tubaronense de Judô participará de eventos a nível nacional, foi imprescindível a aprovação no Credenciamento Nacional, ” avaliou Thiago.

 

A ATJ tem o apoio da Academia Tokage e da Prefeitura de Tubarão, por meio da Fundação Municipal de Esporte, com o auxílio dos Programas Bolsa Atleta e Técnico.

 

 

Tubaronense é aprovado no Credenciamento de Técnicos de judô

O professor da Associação Tubaronense de Judô (ATJ), Thiago Gomes Flores, foi aprovado na avaliação objetiva do Credenciamento Nacional de Técnicos (CNT) da Confederação Brasileira de Judô, e que visa a agilizar os procedimentos de participação em competições, assim como dispor de uma melhor organização e o conhecimento antecipado de quais são os técnicos aptos a atuarem nos eventos do calendário anual da entidade.

 

O CNT efetivou o técnico Thiago Gomes Flores, já aprovado na avaliação objetiva, estando o profissional em situação regular junto à federação estadual. O registro como técnico encontra-se igualmente ativo e o mesmo possui a identidade do Conselho Regional de Educação Física (CREF) atualizada. Só poderão participar dos eventos nacionais da CBJ os técnicos credenciados e aprovados na CNT. A avaliação foi objetiva e foi realizada por intermédio do sistema Zempo.

 

O conteúdo da prova teve como base o Regulamento Nacional de Eventos da Confederação Brasileira de Judô (RNE-CBJ) do ano de 2019. O Credenciamento Nacional de Técnicos 2019 é obrigatório para todos os técnicos que queiram atuar nos eventos da confederação no ano em questão. ” Achei a iniciativa da CBJ de fazer uma prova objetiva com base RNE-CBJ do ano de 2019 muito importante para os técnicos ficarem sempre atualizados, e como a Associação Tubaronense de Judô participará de eventos a nível nacional, foi imprescindível a aprovação no Credenciamento Nacional, ” avaliou Thiago.

 

A ATJ tem o apoio da Academia Tokage e da Prefeitura de Tubarão, por meio da Fundação Municipal de Esporte, com o auxílio dos Programas Bolsa Atleta e Técnico.

 

 

Karatê: revelando talentos para o município

São muitos os obstáculos que acompanham a caminhada dos atletas, principalmente quando se trata dos primeiros passos investidos na carreira. Se já é difícil normalmente, imagine para alguém que perdeu todos os implementos, recém-conquistados no incêndio que queimou o lar onde morava. É o caso da carateca Laura Losekann. Quando tinha apenas 13 anos, viu a casa da família ser toda destruída. “Ela estava toda preta, parecia cena de filme de terror, foi horrível”, descreve. Mas, diante do terrível cenário, encontrou forças no âmbito esportivo.

Com ajuda dos amigos e técnico da Associação Impacto de Karatê, mandou para longe a vontade de abandonar a modalidade. Ganhou quimonos, novos implementos, roupas e até inscrições para competir. E a jovem fez valer cada gesto de solidariedade, pois, ainda naquele turbulento ano, consagrou-se vice-campeã brasileira e estadual. Foi o primeiro capítulo da história dessa tubaronense que tinha muito talento para revelar.

Laura conta que com menos de dois anos de treinamento encarou a primeira seletiva para compor a seleção brasileira. “É até engraçado, porque o meu técnico explicou que era uma competição difícil, de alto investimento e eu muito nova”, destaca a atleta. Embora tivesse pouca graduação e experiência, arriscou e quebrou tabus. Trocando a festa de 15 anos pela oportunidade nacional, tornou-se uma das primeiras garotas da Cidade Azul a entrar na Seleção Brasileira de Karatê. O feito motivou outras meninas a buscarem os sonhos, inclusive a irmã, que agora também integra a equipe tubaronense da modalidade.

Onde a paixão começou

Em 2013, a carateca estudava na escola municipal São Judas Tadeu. Lá dividia o aprendizado da sala de aula pela manhã com outras atividades no período da tarde, que são promovidas, até hoje, por escolinhas da Prefeitura de Tubarão. “Fazia dança, judô, desenho e, logo de cara, fiquei apaixonada pelo Karatê e queria treinar todos os dias”, relata. Segundo o técnico Fabrício de Souza, a atleta sempre contou com apoio da Prefeitura. “A Laura é a estreante. Começou há seis anos e sempre teve o apoio do Bolsa Atleta. Atualmente, é uma das grandes esperanças do karatê brasileiro”.

 Próximo desafio: Pan-Americano

Antes da chegada de 2019, a jovem escreveu outros capítulos, com glória e dor. Em 2017, elevou o azul, branco e preto da Cidade Azul ao máximo, subindo ao lugar mais alto do pódio em diversas competições estaduais, nacionais e até internacionais. Já no ano passado, teve uma lesão séria no joelho. Entretanto, mais uma vez, não desanimou e com persistência, em dezembro, conseguiu realizar o objetivo: ser campeã do Pré-Olímpico e entrar na Seleção Brasileira Sênior (Adulta) de Karatê. Por isso, este ano começou intenso, treinando diversas vezes no Centro Olímpico do Time Brasil, Rio de Janeiro, preparando-se para o Pan-Americano, disputado no Panamá, entre 18 e 23 de março. Para a surpresa do sensei Fabricio, outra atleta tubaronense também foi convocada para a disputa internacional. Com 29 anos, Giovanna Feroldi integra o grupo, que inicia as provas nesta quinta-feira (21). Desde 2016 a carateca é beneficiada com o programa Bolsa Atleta, por conquistar o ouro nos Jogos Abertos. “Com o auxílio financeiro, consegui participar de mais competições e adquirir mais experiência no esporte”. Depois de atingir vitórias em sul-americanos, estaduais e brasileiros, o foco é trazer na bagagem algo que na categoria adulta, tanto ela como a Laura, ainda não possuem: uma medalha no pan-americano.

 

Karatê: revelando talentos para o município

São muitos os obstáculos que acompanham a caminhada dos atletas, principalmente quando se trata dos primeiros passos investidos na carreira. Se já é difícil normalmente, imagine para alguém que perdeu todos os implementos, recém-conquistados no incêndio que queimou o lar onde morava. É o caso da carateca Laura Losekann. Quando tinha apenas 13 anos, viu a casa da família ser toda destruída. “Ela estava toda preta, parecia cena de filme de terror, foi horrível”, descreve. Mas, diante do terrível cenário, encontrou forças no âmbito esportivo.

Com ajuda dos amigos e técnico da Associação Impacto de Karatê, mandou para longe a vontade de abandonar a modalidade. Ganhou quimonos, novos implementos, roupas e até inscrições para competir. E a jovem fez valer cada gesto de solidariedade, pois, ainda naquele turbulento ano, consagrou-se vice-campeã brasileira e estadual. Foi o primeiro capítulo da história dessa tubaronense que tinha muito talento para revelar.

Laura conta que com menos de dois anos de treinamento encarou a primeira seletiva para compor a seleção brasileira. “É até engraçado, porque o meu técnico explicou que era uma competição difícil, de alto investimento e eu muito nova”, destaca a atleta. Embora tivesse pouca graduação e experiência, arriscou e quebrou tabus. Trocando a festa de 15 anos pela oportunidade nacional, tornou-se uma das primeiras garotas da Cidade Azul a entrar na Seleção Brasileira de Karatê. O feito motivou outras meninas a buscarem os sonhos, inclusive a irmã, que agora também integra a equipe tubaronense da modalidade.

Onde a paixão começou

Em 2013, a carateca estudava na escola municipal São Judas Tadeu. Lá dividia o aprendizado da sala de aula pela manhã com outras atividades no período da tarde, que são promovidas, até hoje, por escolinhas da Prefeitura de Tubarão. “Fazia dança, judô, desenho e, logo de cara, fiquei apaixonada pelo Karatê e queria treinar todos os dias”, relata. Segundo o técnico Fabrício de Souza, a atleta sempre contou com apoio da Prefeitura. “A Laura é a estreante. Começou há seis anos e sempre teve o apoio do Bolsa Atleta. Atualmente, é uma das grandes esperanças do karatê brasileiro”.

 Próximo desafio: Pan-Americano

Antes da chegada de 2019, a jovem escreveu outros capítulos, com glória e dor. Em 2017, elevou o azul, branco e preto da Cidade Azul ao máximo, subindo ao lugar mais alto do pódio em diversas competições estaduais, nacionais e até internacionais. Já no ano passado, teve uma lesão séria no joelho. Entretanto, mais uma vez, não desanimou e com persistência, em dezembro, conseguiu realizar o objetivo: ser campeã do Pré-Olímpico e entrar na Seleção Brasileira Sênior (Adulta) de Karatê. Por isso, este ano começou intenso, treinando diversas vezes no Centro Olímpico do Time Brasil, Rio de Janeiro, preparando-se para o Pan-Americano, disputado no Panamá, entre 18 e 23 de março. Para a surpresa do sensei Fabricio, outra atleta tubaronense também foi convocada para a disputa internacional. Com 29 anos, Giovanna Feroldi integra o grupo, que inicia as provas nesta quinta-feira (21). Desde 2016 a carateca é beneficiada com o programa Bolsa Atleta, por conquistar o ouro nos Jogos Abertos. “Com o auxílio financeiro, consegui participar de mais competições e adquirir mais experiência no esporte”. Depois de atingir vitórias em sul-americanos, estaduais e brasileiros, o foco é trazer na bagagem algo que na categoria adulta, tanto ela como a Laura, ainda não possuem: uma medalha no pan-americano.

 

Karatê: revelando talentos para o município

São muitos os obstáculos que acompanham a caminhada dos atletas, principalmente quando se trata dos primeiros passos investidos na carreira. Se já é difícil normalmente, imagine para alguém que perdeu todos os implementos, recém-conquistados no incêndio que queimou o lar onde morava. É o caso da carateca Laura Losekann. Quando tinha apenas 13 anos, viu a casa da família ser toda destruída. “Ela estava toda preta, parecia cena de filme de terror, foi horrível”, descreve. Mas, diante do terrível cenário, encontrou forças no âmbito esportivo.

Com ajuda dos amigos e técnico da Associação Impacto de Karatê, mandou para longe a vontade de abandonar a modalidade. Ganhou quimonos, novos implementos, roupas e até inscrições para competir. E a jovem fez valer cada gesto de solidariedade, pois, ainda naquele turbulento ano, consagrou-se vice-campeã brasileira e estadual. Foi o primeiro capítulo da história dessa tubaronense que tinha muito talento para revelar.

Laura conta que com menos de dois anos de treinamento encarou a primeira seletiva para compor a seleção brasileira. “É até engraçado, porque o meu técnico explicou que era uma competição difícil, de alto investimento e eu muito nova”, destaca a atleta. Embora tivesse pouca graduação e experiência, arriscou e quebrou tabus. Trocando a festa de 15 anos pela oportunidade nacional, tornou-se uma das primeiras garotas da Cidade Azul a entrar na Seleção Brasileira de Karatê. O feito motivou outras meninas a buscarem os sonhos, inclusive a irmã, que agora também integra a equipe tubaronense da modalidade.

Onde a paixão começou

Em 2013, a carateca estudava na escola municipal São Judas Tadeu. Lá dividia o aprendizado da sala de aula pela manhã com outras atividades no período da tarde, que são promovidas, até hoje, por escolinhas da Prefeitura de Tubarão. “Fazia dança, judô, desenho e, logo de cara, fiquei apaixonada pelo Karatê e queria treinar todos os dias”, relata. Segundo o técnico Fabrício de Souza, a atleta sempre contou com apoio da Prefeitura. “A Laura é a estreante. Começou há seis anos e sempre teve o apoio do Bolsa Atleta. Atualmente, é uma das grandes esperanças do karatê brasileiro”.

 Próximo desafio: Pan-Americano

Antes da chegada de 2019, a jovem escreveu outros capítulos, com glória e dor. Em 2017, elevou o azul, branco e preto da Cidade Azul ao máximo, subindo ao lugar mais alto do pódio em diversas competições estaduais, nacionais e até internacionais. Já no ano passado, teve uma lesão séria no joelho. Entretanto, mais uma vez, não desanimou e com persistência, em dezembro, conseguiu realizar o objetivo: ser campeã do Pré-Olímpico e entrar na Seleção Brasileira Sênior (Adulta) de Karatê. Por isso, este ano começou intenso, treinando diversas vezes no Centro Olímpico do Time Brasil, Rio de Janeiro, preparando-se para o Pan-Americano, disputado no Panamá, entre 18 e 23 de março. Para a surpresa do sensei Fabricio, outra atleta tubaronense também foi convocada para a disputa internacional. Com 29 anos, Giovanna Feroldi integra o grupo, que inicia as provas nesta quinta-feira (21). Desde 2016 a carateca é beneficiada com o programa Bolsa Atleta, por conquistar o ouro nos Jogos Abertos. “Com o auxílio financeiro, consegui participar de mais competições e adquirir mais experiência no esporte”. Depois de atingir vitórias em sul-americanos, estaduais e brasileiros, o foco é trazer na bagagem algo que na categoria adulta, tanto ela como a Laura, ainda não possuem: uma medalha no pan-americano.